Visite o Interior de Portugal e descubra o seu Paraíso Interior

A Beira Interior é um paraíso natural, fortificada por castelos imemoriais, repleta de lendas seculares e povoada por gente hospitaleira. Descubra uma região única, onde a natureza construiu paisagens singulares de rara beleza, pontuadas por serras e rios, parques naturais, aldeias de xisto e aldeias históricas, com uma identidade bastante vincada. Prove a gastronomia riquíssima da Beira Interior e conheça as suas tradições. E, depois de tudo isto, recupere forças e contemple o paraíso em duas unidades de excelência.

Se começar a viagem no extremo norte da Beira Interior, na aldeia histórica de Castelo Rodrigo, deixe-se surpreender pela Casa da Cisterna, um alojamento de charme ambientado em contexto rural, com uma identidade própria.O requinte e o bom gosto confundem-se neste local, onde os pormenores são mesmo importantes. Se viajar a partir do extremo sul, encante-se com o Convento da Sertã Hotel, um antigo convento transformado num requintado boutique hotel de quatro estrelas. Serão seis dias em que poderá desfrutar de duas regiões diferentes, locais imperdíveis, onde a natureza lhe faz companhia.

Convento da Sertã Hotel

1.1
1.2
1.3

Com vista para os jardins ribeirinhos da vila da Sertã, o Convento da Sertã Hotel é um convento do séc. XVII amorosamente transformado num boutique hotel de 4 estrelas. O aclamado buffet de pequeno-almoço regional é servido no belíssimo claustro e ao jantar os hóspedes podem desfrutar de especialidades locais como o Maranho ou o Bucho, nos emblemáticos restaurantes Ponte Velha e Santo Amaro.

Primeiro dia

O vale do Cabril

2.1
2.2
2.3

O Percurso Pedestre (PR2) atravessa uma estrada de calçada, a única via terrestre existente até 1954 para ligação das margens do rio Zêzere. Chegados à Ponte Filipina, construída entre 1607 e 1610 e conhecida como o ex-libris de Pedrógão Pequeno, pode desfrutar de diversos miradouros assim como de zonas de descanso.
O percurso continua pelo Trilho da Levada, passando pelo túnel construído em 1918 para a construção de uma levada de água até ao Moinho das Freiras.

Barragem do Cabril

3.1
3.2
3.3

É aqui que existe uma das maiores barragens portuguesas, uma obra construída com o objetivo de produzir energia elétrica e ser uma reserva de água doce, tendo-se, porém, transformado num autêntico espaço de lazer e turismo ativo.

Casal de São Simão (Aldeia do Xisto)

4.1
4.2
4.3

Esta aldeia, de quase uma só rua, é essencialmente construída em quartzito e situa-se num dos flancos da crista quartzítica que dá origem às Fragas de São Simão. A aldeia estende-se ao longo de um cume quase paralelo à Ribeira de Alge. Casal de São Simão conta ainda com uma fonte, uma capela, uma Loja de Aldeias do Xisto e um restaurante.
Almoce no restaurante Varanda do Casal. Este é um local onde se mistura o requinte com os sabores tradicionais. As memórias de outrora estão todas lá. Aproveite a esplanada e saboreie o melhor desta região.
A praia fluvial fica a 15 minutos a pé da Aldeia de Casal de São Simão. Contemple os inúmeros loureiros e sobreiros, que proporcionam a quem a visita este local uma fragrância reconfortante. Esta praia fica entre duas grandiosas fragas, onde se pode praticar escalada com diversas vias equipadas, rappel e ainda slide. Pode igualmente percorrer os Passadiços das Fragas de São Simão e desfrutar da paisagem natural.

Segundo dia

Gastronomia Local e Passeios

5.1
5.2
5.3

Almoce na Sertã e prove os saborosos pratos regionais. O Maranho é uma iguaria que terá aparecido há mais de 200 anos, por altura das Invasões Francesas. O Bucho Recheado parece ter origem na região do Alentejo, tendo a receita sido trazida pelos inúmeros jornaleiros.
A arte e o saber de uma cozinheira de excepção trazem à sua mesa a prestigiada sopa de peixe da Dona Helena, a receita tem mais de 40 anos e é hoje um dos principais pratos dos restaurantes Ponte Velha e Santo Amaro. Podemos mesmo dizer que é de “comer e chorar por mais!”.
Surgido nos finais do século XIX, ainda que não se conheça claramente a sua origem, os Cartuchos de Amêndoa de Cernache do Bonjardim são um doce a não perder.

Dornes (Aldeia Templária)

6.1
6.2
6.3

A aldeia de Dornes, em Ferreira do Zêzere, é também conhecida por ser a “Península Encantada” ou “Terra Mítica dos Templários”. Situada no cume de uma península contornada pela albufeira do Rio Zêzere e, no topo, a afamada Torre defensiva pentagonal Templária de Dornes, única em Portugal.
Dornes é ainda o destino ideal para caminhadas e passeios de barco durante o ano. No verão pode desfrutar dos banhos no rio e de outras atividades aquáticas.

Água Formosa (Aldeia do Xisto)

7.1
7.2
7.3

Nesta aldeia, em Vila de Rei, pode encontrar tradições antigas como os fornos a lenha ou evidências de usos e costumes ligados à utilização da força da água.
O nome desta localidade deriva de uma fonte de água formosa.

Cascata do Penedo Furado

8.1
8.2
8.3

No concelho de Vila de Rei, os Passadiços do Penedo Furado unem a premiada Praia Fluvial do Penedo Furado a um dos segredos mais bem guardados do Centro de
Portugal, a Cascata do Penedo Furado. Ideal para uns belos e longos mergulhos.
Os novos passadiços que vão da praia até à cascata têm uma extensão de apenas 700 metros (1,4 km ida e volta). Logo, o percurso não demora mais do que uns 20 minutos a realizar, o que faz dele um passeio perfeito para toda a família.

Centro Geodésico de Portugal e Centro Náutico do Zêzere

9.1
9.2
9.3

Já em direção à Sertã, encontra um desvio para o Picoto da Melriça, onde um marco geodésico de 1.ª ordem, de 1802, estabelece o Centro Geodésico de Portugal. Aqui está exatamente no centro do país! Um pouco mais à frente, na Praia Fluvial do Trízio, pode mergulhar no rio Zêzere e praticar desportos náuticos como canoagem, ski aquático, wakeboard ou alugar embarcações.

Terceiro dia
Açude Pinto, Orvalho, Cambas

101
10.2
10.3

A Praia Fluvial do Açude Pinto dispõe de todas as infraestruturas necessárias para que o visitante usufrua de belos dias. Não perca também a visita a Cambas!
Almoce na Adega dos Apalaches e prove o famoso cabrito estonado. Saboreie iguarias tradicionais portuguesas na companhia de tradições antigas.

Álvaro (Aldeia do Xisto), Miradouro do Mosqueiro e Passadiços do Orvalho

11.1
11.2
11.3

Visite a encantadora aldeia de Álvaro.
É em pleno Geopark Naturtejo que se esconde um dos mais recentes passadiços de Portugal. Aqui pode conhecer uma série de geomonumentos classificados pela UNESCO, como também a Cascata da Fraga da Água d’Alta e o Cabeço do Mosqueiro.

Casa da Cisterna

12.1
x
xx

Para a maioria de nós, condomínio de luxo significa uma infraestrutura moderna, de ambiente restrito e selecionado, que inclui uma piscina. Para Ana e António, proprietários da Casa da Cisterna, dois biólogos alfacinhas convertidos aos encantos rurais, o conceito de condomínio de luxo é bastante mais terra-a-terra: em Castelo Rodrigo, a bela aldeia fortificada onde moram, os muros têm séculos de história e estão abertos para quem quiser entrar.

Quarto dia

Aldeia Histórica de Monsanto

monstanto-1
monsanto2
monsanto3

Aldeia Histórica de Monsanto: A caminho da Casa Cisterna visite o ícone turístico da região, Monsanto que foi considerada em 1938 a Aldeia Mais Portuguesa de Portugal e em 1995 Aldeia Histórica. Situa-se a nordeste das Terras de Idanha. Aqui existem lugares antigos com presença humana desde o paleolítico.uem quiser entrar.

Castelo Bom e Almeida (Aldeias Históricas)

historica1
castelo-rodrigo1
castelo-rodrigo2

A povoação foi conquistada aos leoneses por D. Dinis, tendo a sua posse sido ratificada pelo Tratado de Alcanizes. Foi ainda D. Dinis quem mandou reparar o castelo e a cerca, reforçados no período manuelino, de que subsiste uma porta em arco quebrado e uma pequena torre em ruínas.

Quinto dia

Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo

castelo-rodrigo
castelo-rodrigo1
12.3

Castelo Rodrigo é um espaço monumental que conserva importantes referências medievais. São de destacar as velhas muralhas, as ruínas do palácio de Cristóvão de Moura, o Pelourinho quinhentista, a igreja matriz, a cisterna medieval e os vestígios que atestam a presença de uma importante comunidade de cristãos-novos.

Museu do Côa

13.1
13.2
13.3

A Fundação Côa Parque – Fundação para a salvaguarda e valorização do Vale do Côa foi criada em 2011 para gerir o Parque Arqueológico do Vale do Côa e o Museu do Côa. Tem como fins a proteção, a conservação, a investigação, a divulgação da Arte do Côa e ainda o património do Vale do Côa, Património Mundial pela UNESCO.

Visita noturna às gravuras do Vale do Côa

14.1
14.2
14.3

Terá sido nos finais de 1991 que o arqueólogo Nelson Rebanda, que acompanhava a construção da barragem do Côa, identificou a primeira rocha gravada.
Esta descoberta provocou um debate sobre a construção da barragem, pois esta motivaria a submersão da arte rupestre do Vale do Côa. Felizmente, as gravuras foram preservadas e são hoje um marco histórico de um passado remoto.

Sexto dia

Reserva da Faia Brava (Safari e Piquenique)

15.1
15.2
15.3

Na Reserva da Faia Brava, a natureza é o valor mais importante: são mais de 1000 hectares exclusivamente para a conservação da natureza. Realizam-se ações que se centram no restauro ecológico através da valorização dos habitats, do aumento da disponibilidade alimentar das espécies mais ameaçadas e da gestão florestal.

Torre de Moncorvo e passagem pelo Douro Internacional

16.1
16.2
16.3

Torre de Moncorvo é uma vila que surpreende pela diversidade do património: arquitetónico, arqueológico, natural, geológico, industrial.
É em pleno planalto mirandês que se esconde o Parque Natural do Douro Internacional, um dos destinos de natureza mais espantosos, não só de Portugal, mas de toda a Europa.

Passeio de barco no Douro

quinta
17.2
17.3

Desfrute de um passeio de barco num surpreendente espaço do Rio Douro. Aqui irá avistar vinhas em socalcos até ao rio, edifícios centenários de quintas vinhateiras, tudo enquadrado por uma paisagem única considerada Património Mundial pela UNESCO.

mapa

Convento da Sertã Hotel

Rua do Convento nº 12, 6100-597 Sertã
274 608 493 | geral@conventodasertahotel.pt | conventodasertahotel.pt

Lat: 39 48’ 03’’ Lon: -08 06’ 02’

 

Casa da Cisterna

Largo da Igreja, 6440-031 Castelo Rodrigo
271 313 515 | info@casadacisterna.com| casadacisterna.com
Lat: 40 87’ 65” Lon: -06 96’ 40’

pt_PTPortuguese